quinta-feira, 11 de novembro de 2010

DIA DAS CRIANÇAS

Hoje é doze de outubro
Uma data bem festiva
Dedicada aos pequenos
Demos, pois, a eles viva
A semente que deixamos
Felizes nós exaltamos
N'alegria coletiva

Sua formação deriva
Dos valores aprendidos
Por meio da educação
E ensino recebidos
Devemos ser responsáveis
São sempre mais formidáveis
Infantes esclarecidos

Se chegar aos seus ouvidos
Adequada informação
Desvios são evitados
Pra nossa satisfação
Inda mais porque engole
Todo mundo, até a prole
A tal globalização

Se o menino tem noção
Qu'é nocivo o entorpecente
Acabando c'a saúde
Qu'esse mal vicia a gente
Qu'é muito sofrida a cura
Afastar-se ele procura
Pra viver decentemente

Não vai pensar diferente
Sobre a criminalidade
Caso saiba sobre isso
A triste realidade
Se for bem orientado
Certamente é evitado
O caminho da maldade

Conhecendo a verdade
Atrás da tela escondida
Por meio da internet
Pra infância não ser perdida
Não cai em qualquer conversa
De mente quiçá perversa
Prejudicando sua vida

A formação é movida
Também pela consciência
De cuidar melhor da Terra
Agindo com inteligência
Tornar melhor seu viver
Isso deve acontecer
Ainda na inocência

É preciso com urgência
Deixar de agredir o meio
Os filhos são instrumento
Pra nisso colocar freio
Botando na aprendizagem
Ruas limpas, reciclagem
Que devastação é feio

Dessa forma um esteio
É fincado pro futuro
Se não for assim, viver
No planeta vai ser duro
Aproveitemos, portanto
Pra incutir este canto
Na mente d'um ser tão puro

É racional e seguro
Tentar fazer isso agora
Um completo cidadão
Fica pronto sem demora
Melhor que só coisa boa
Contenha essa pessoa
Os males deixe de fora

Deposito nesta hora
Turbilhões de esperanças
Passagem tão importante
Ternas e doces lembranças
O foco da minha escrita
É que sempre se repita
FELIZ DIA DA CRIANÇAS!



* Escrito em 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário